Vinhos Provados

quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

Vintage DOW's 2011 melhor do ano para a Wine Spectator!



A Wine Spectator, que publica desde 1988 anualmente um top daqueles que são para os seus editores os 100 “vinhos mais emocionantes do ano”, já revelou os vinhos que ocupam os primeiros 10 lugares das suas escolhas de 2014.

O melhor do ano para a prestigiada publicação é o Vintage de 2011 da casa Dow’s.

Em 3.º lugar, aparece o vinho Douro Chryseia 2011. Em 4.º lugar, figura o vinho Quinta do Vale Meão Douro 2011. Ambos do Douro.

Um vintage e dois tintos, do Douro, no Top 5 da prestigiada revista. Uau!

Isto prova o extraordinário ano que foi 2011, bem como o trabalho notável e qualidade dos vinhos da região do Douro. Portugal está finalmente no mapa mundial do vinho...! Parabéns a todos os que contribuíram e contribuem para este enorme sucesso. 

Sérgio Lopes

sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

2ª Edição do Angola Wine Festival


Falta menos de uma semana para a realização da 2ª edição do Angola Wine Festival. Depois de uma primeira edição no ano passado, com sucesso, apesar da timidez inicial, a existência de uma segunda edição, reforça o interesse e fascínio que o universo do vinho desperta junto de profissionais e do público em Angola.

Durante um período de 3 dias irá proporcionar experiências vínicas e gastronómicas únicas, permitindo um conhecimento mais aprofundado de marcas provenientes de vários países produtores de vinho, com especial ênfase, naturalmente, poara Portugal.

O evento decorrerá novamente no CHE (Complexo Hoteleiro do Endiama), Luanda, entre os dias 23, e 25 de Outubro.

Este ano participarei no evento, ajudando na sua organização e principalmente ma divulgação dos vinhos portugueses em Angola.

Simplesmente imperdível!

Sérgio Lopes


domingo, 21 de Setembro de 2014

Lancers Espumante Bruto Rosé

Ano: 2014

Produtor: José Maria da Fonseca

Tipo: Espumante Rosé

Região: Setúbal

Castas: Castelão, syrah

Preço Aprox.: 4,99€

Veredicto: Estreia absoluta em 2014, o Espumante bruto rosé Lancers é uma das novas referências da José Maria da Fonseca. Produzido pelo método de cuba fechada, também conhecido como Método de Charmat (a 2ª fermentação ocorre em cuba fechada, equipada com controle de temperatura por forma a controlar eficazmente a fermentação e a estabilização por frio do produto final). Ou seja, a segunda fermentação não ocorre em garrafa, como é apanágio pleo método tradicional ou "champanhês".

Cor salmão. Aromas leve a fruta vermelha fresca, morango, framboesa, cereja. Boca fresca, bolha média e elegante. Final de bom comprimento.

Um espumante simples e bem feito. A ter umas garrafas por casa. Para se beber despreocupadamente, com prazer.

Nota: Amostra gentilmente cedida pelo produtor ao qual agradecemos a amabilidade.

Classificação Pessoal: 15


Sérgio Lopes

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Monte da Raposinha Tinto 2011

Ano: 2011

Produtor: Monte da Raposinha

Tipo: Tinto

Região: Alentejo

Castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Syrah.

Preço Aprox.: 9.49€


Veredicto: Nas curtas mas merecidas e muito saborosas férias na "tuga", deslocamo-nos a Montargil, região muito interessante do Norte Alentejano. Belas paisagens, óptima gastronomia, bom clima e por lá "mora" o projecto Monte da Raposinha. Com enologia de Susana Esteban, este projecto recente, cujo primeiro vinho saiu apenas em 2007, vai conquistando o seu espaço.

De entre as várias referências, destaque para o topo de gama "Furtiva Lágrima" altamente aclamado pela imprensa especializada em Porugal.

Este Monte da Raposinha Tinto, é produzido das castas Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Syrah. Está um vinho muito bem conseguido, com frescura e complexidade acima da média. Sumarento e com elegância, será um vinho consensual com um toque moderno, de pendor gastronónico.

É daqueles vinhos que se podem levar a um qualquer jantar e vamos ficar sempre bem na fotografia. Vale a pena experimentar.


Classificação Pessoal: 16

Sérgio Lopes

sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

Fim-de-semana de vinho!

Neste fim-de-semana, os amantes do bom vinho português não podem se queixar, pois eventos não irão faltar. Serão nada mais nada menos que 2 grandes eventos, um no Porto, outro em Viseu.

Vinho Verde Wine Festival

Finalmente um festival dedicado ao Vinho Verde, um tipo de vinho que tem vindo a subir e muito de qualidade e que merece o seu lugar de destaque no panorama vínico português. Vinhos frescos, leves e versáteis que urge conhecer.

No festival estarão presentes cerca de 30 produtores com os seus vinhos em prova.  Tudo isto e muito mais, incluindo showcooking, provas comentadas e muita animação na Alfândega do Porto, até domingo.

Para mais informações, http://www.vinhoverdewinefest.com/pt

Feira do Vinho do Dão

Este é o principal evento em termos da região demarcada do vinho do Dão, e reúne um número alargado de produtores de vinho, aos quais se associam exposições de outros produtos regionais, associações e empresas relacionadas com o sector vitivinícola.

De destacar a homenagem que este ano será feita aos escanções, junto à Estátua do Escanção, em Nelas, a única de Portugal e, que se saiba, do mundo.

Um evento já tradicional e imperdível, onde no primeiro fim-de-semana de Setembro é de visita obrigatória, se pretende conhecer os vinhos de uma das melhores e mais excitantes regiões vinícolas portuguesas. Decorre em Nelas, na praça do Município, até Domingo.

Para mais informações, feiradovinhododao.cm-nelas.pt/


Sérgio Lopes

domingo, 31 de Agosto de 2014

e-Falorca Tinto 2006

Ano: 2006

Produtor: Quinta Vale de Escadinhas

Tipo: Tinto

Região: Dão

Castas: Touriga Nacional, Aragonês

Preço Aprox.: 4,5

Veredicto:  Continuando no Dão e não muito longe da Quinta de Lemos, provei este e-Falorca de 2006, blend de Touriga Nacional e Aragonês.Proveniente da Quinta da Falorca.

Vinho de cor ruby ainda intensa, Aroma bem evidente de notas florais da Touriga Nacional, leve especiaria. Boca redonda, taninos muito agradáveis, com tudo perfeitamente integrado. Fresco, corpo médio, final sumarento e muito apelativo.

Um vinho atractivo e capaz de gerar consensos. Belo representante da região. Mais uma vez, demonstra a longevidade dos vinhos do Dão. Este é de 2006...

Classificação: 15.5

Sérgio Lopes

quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Quinta de Lemos Touriga Nacional 2007

Ano: 2007

Produtor: Quinta de Lemos

Tipo: Tinto

Região: Dão

Castas: Touriga Nacional

Preço Aprox.: 20

Veredicto:  A Quinta de Lemos é um projecto muito à parte no panorama vinicola português e em particular, na região do Dão. Conheço o projecto e as pessoas muito bem. Boa gente em prole da criação do melhor vinho do mundo.

O produtor Celso Lemos, para além de produzir dos blends característicos de castas típicas do Dão também lança os monocasta, nomeadamente Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro e Jaen.

Este 100% Touriga Nacional, como todos os restantes vinhos são lançados para o mercado apenas 6 anos após o ano de colheita. Pois afirmo com todas as letras que este "menino ainda jovem" está num momento de prova soberbo, como nunca tinha provado anteriormente onde apenas se mostrara fantástico. Agora, acho que acrescentaria delicioso e fenomenal.

Aroma intenso e fino a notas florais, com forte presença balsâmica. Autêntico perfume a inebriar, lembrando por um lado o Dão, por outro lado, algo de perfil instantaneamente internacional. Boca muito fresca e sedosa, com grande corpo, amparado nos aromas experimentados. Final longo, de grande persistência e enorme satisfação.

Muito, mas mesmo muito bom. Para ir bebericando com muito prazer, como diria o meu amigo Eduardo Figueiral.

Classificação: 17.5

Sérgio Lopes